• 25/05/2017 16:28hs
  • inQuesti

Em um cenário de negócios de alta performance e extremamente competitivo, a gestão de informação, utilizando as técnicas de Business Intelligence (BI) é o diferencial que garante o sucesso de sua empresa. 

No texto anterior, publicamos a Parte I do BI de A a Z: o Guia Definitivo para entender o Business Intelligence. Convidamos você a acompanhar a Parte II do glossário para entender sobre como o BI pode ser usado para ajudar na decisão de uma grande variedade de negócios variando do operacional ao estratégico.

F

Fatos: a tabela fato possui característica quantitativa dentro do Data Warehouse responsáveis por compor as métricas necessárias para avaliar um assunto. Estas métricas são cruzadas com os dados das tabelas de Dimensões, fazendo com que análises sejam geradas de forma rápida. A tabela Fato armazena as medições necessárias para avaliar o assunto pretendido. Com isso é possível saber por exemplo a quantidade de novos clientes adquiridas em um ano ou mês (cruzamento com dimensão de tempo), ou saber em quais estados ou cidades aconteceram mais vendas (cruzamento de dimensão de região).

Forecasting: é a projeção, estimativa ou simplesmente a previsão de eventos futuros ou condições que o ambiente de uma empresa está sujeito a enfrentar. Para o mundo dos negócios, a expressão tem uma abrangência maior, afinal, se for feita a previsão errada, o resultado não acontecerá da forma planejada para a sua empresa. É uma previsão futura: quanto e quando a empresa deverá produzir, ou adquirir, para atender os pedidos  e expectativas de vendas. Levando em consideração todos os ângulos que envolvem o setor.

G

Gartner: é uma empresa reconhecida mundialmente pela qualidade de suas informações e pelo compartilhamento de seus relatórios que mostram a posição de cada concorrente, com base nos critérios de capacidade de execução de cada fornecedor, juntamente com seus pontos fortes e fracos, sobre o mercado analytics e business intelligence, dentre outros segmentos. Saiba mais aqui

Gestão do Conhecimento: processo que envolve a criação, armazenamento e disseminação dos conhecimentos internos e externos da empresa para alcance do sucesso do negócio. Ligada à gestão estratégica, teoria das organizações, marketing e tecnologia da informação. É o conjunto de tecnologias e conhecimentos com a finalidade de apoiar a criação, transferência e aplicação do conhecimento nas empresas. Empresas de grande porte como a Rede Globo desenvolvem o Projeto Memória da Produção, no qual figurinistas, cenógrafos e produtores de arte utilizam como referência estudos e pesquisas realizados anteriormente por outros profissionais. Uma contribuição para o conhecimento já acumulado ao longo de mais de 40 anos de experiência da emissora. 

GeoQlik: é um componente profissional e poderoso para a aplicação de Geolocalização no QlikView ou Qlik Sense. O GeoQlik permite que você analise geograficamente suas informações através da combinação de gráficos e mapas dinâmicos que podem ser posicionados em qualquer lugar de suas aplicações Qlik. Saiba mais aqui

KPI (Key Performance Indicator): em português, indicador-chave de performance. É um subconjunto de métricas utilizadas para mensurar as etapas de desenvolvimento de sua empresa, visando o alcance de seus objetivos. São utilizados por executivos para comunicar a missão e visão da empresa a todos os níveis hierarquicamente. Exemplos: ticket médio, índice de engajamento, taxa de conversão (total de vendas/total de visitas ao site). Uma forma de medir se uma ação ou conjunto de tarefas estão realmente atendendo os objetivos da empresa. Você pode medir, para citar um exemplo, quantas páginas foram vistas em seu site e medir o índice de rejeição de determinado conteúdo. Descubra mais aqui.

  

M

MDX: É uma linguagem de consulta para bases de dados multidimensionais; é equivalente ao SQL (para base de dados relacionais) e pode ser utilizada para a inclusão da lógica do negócio, a fim de maximizar a fácil usabilidade do usuário final. Fornece um resumo especializado para consultar e manipular os dados multidimensionais armazenados. É muito parecido com SQL, no sentido de criar uma tabela, mas é diferenciado em alguns aspectos. Um deles é que o resultado em MDX se assemelha a uma planilha, num servidor de dados com várias dimensões. 

Metadados: são dados sobre outros dados. São utilizados para descrever e estruturar, de forma estável, a informação registrada sob diferentes suportes. Possibilitam acessar as informações e compreendê-las com rapidez e facilidade. Pode descrever o que trata determinando dado como um dicionário para entender do que se trata cada dado. Facilita o entendimento das informações, trazendo significado e valores bem definidos. Os metadados de um obra publicada na internet são registros eletrônicos que contêm descrições e que permite entender mais sobre o assunto, sem ter que ler ou ouvir todo o conteúdo. É o resumo de informações sobre determinada fonte. 

Métrica: sistemas de mensuração que quantifica uma variável ou um comportamento. Em uma estrutura de data warehouse são medidas brutas e de simples compreensão, armazenadas na tabela Fato para medir os segmentos nas tabelas de Dimensão. Exemplo: volume de vendas, custos fixos, entre outros. Permite avaliar o desempenho e a funcionalidade nas ações. 

Multidimensional Data: em português, dados multidimensionais. Dados passíveis de serem avaliados segundo vários critérios, como volume de vendas por região, por faixa etária, por tipo de produto, etc. É a técnica que auxilia as leituras do Data Warehouse nas mais diferentes situações. Esta visão de múltiplas dimensões permite o uso mais intuitivo para o processo analítico de outras ferramentas. O discernimento e o empenho para a criação desta modelagem garante um armazenamento de dados de qualidade, que promove insights valiosos para toda a empresa, permitindo visualizar dados de forma simplificada e rápida.

 

N

NPS (Net Promoter Score): métrica que tem como objetivo mensurar o grau de satisfação e, principalmente, de fidelidade dos clientes em relação à sua empresa. Possibilita identificar pontos de melhoria, localizar o ponto-chave do problema e acompanhar as ações que estão sendo desenvolvidas. É aplicado a diversos tipos de empresas, independentemente do porte e do segmento. Apple e Amazon utilizam este procedimento que está diretamente relacionado à qualidade do atendimento. Uma forte aliada nas pesquisas qualitativas e melhorar a performance dos produtos desenvolvidos por sua empresa.

NPrinting: Módulo integrável ao QlikView® e Qlik Sense® para agendamento e distribuição de relatórios segmentados para toda sua empresa, criado para facilitar a vida de gestores. Individualiza os relatórios e sincroniza várias fontes e faz a distribuição de relatórios personalizados por email.

 

(Continua...)

A inQuesti é especialista em soluções para análise de dados e pode te ajudar no desafio de encontrar a melhor ferramenta de BI para o seu negócio. Faça o download gratuito do nosso novo ebook os 5 problemas que o BI resolve nas empresas: