• 30/06/2017 10:59hs
  • Vagner

 

Este é o texto que abri uma série de artigos que irei escrever sobre o Qonnectios 2017. Nossa intenção aqui é compartilhar algumas de nossas conclusões e ideias de como o que foi apresentado de tendências em Analytics e Business Intelligence no evento poderá ser usado no Brasil.  

A palestra de abertura do evento reuniu todos os participantes, parceiros e clientes de todos os continentes, em torno de 3.400 pessoas. Algo que chamou a atenção foi começarem o evento com uma brincadeira de um assistente digital falando ao público, sugerindo o tema de cognição.    

Na sequência o Anthony Deighton realizou a primeira palestra, que teve como foco 3 grandes Ideias: 

  • Levar os dados para qualquer lugar

  • Modelo híbrido

  • Alto poder de análise 

Levar os dados para qualquer lugar 

Atualmente com internet e smartphones temos acesso a qualquer informação em qualquer lugar, ajudando ainda mais a acelerar a tomada de decisão. Contudo, foi lembrado (e aqui na inQuesti já fomos muito questionados sobre isso) da necessidade de analisar informações quando se está num voo ou em um local que não possui internet… era um problema até então. 

Foi apresentado que a nova versão do Qlik Sense resolverá este problema, trabalhando de forma offline de acordo com a necessidade do usuário. A busca por entregar liberdade aos usuários é contínua, e foi muito explorada nesta parte da palestra. Como comentei, sempre fomos questionados por este tipo de funcionalidade, e isso irá explorar uma demanda reprimida principalmente pela alta gestão de grandes empresas que poderão ter acesso as suas análises em qualquer lugar.

Onde imagina que poderá ter mais impacto na sua empresa?

 

Modelo Híbrido  

Outro ponto importante apresentado foi a ideia de criar modelos híbridos para atender cada empresa e cada demanda. Mas o que significa isso?

Cada empresa possui um cenários, uma quantidade de usuários, o quanto cada um deve acessar dos dados e o quanto deve explorar das suas informações. Seguindo este contexto, foi apresentada a ideia de montar cenários com modelos licenciados e cloud para flexibilizar o acesso a informação e atender a maior quantidade possível de usuários.

Vamos exemplificar um pouco isso. Pense em uma empresa que possui BI na área Comercial, Financeira e Marketing. E a área comercial deseja distribuir para seus representantes análises para gerenciar suas contas/clientes. Neste caso, poderiam ser distribuídos acessos pela cloud para os representantes, que teriam acesso a um volume menor de dados mais com uma quantidade maior de acessos. 

O modelo híbrido também pode ajudar a validar a necessidade de análise de novas áreas antes da compra de novas licenças. Imagina a criação de análises para que uma nova área da empresa possa iniciar sua trilha na cultura do BI e assim começar a tirar mais valor dos seus dados, confirmando que o investimento em licenças e novos projetos terá retorno. Mundo ideal, ainda mais porque o Qlik entrega projetos com rapidez provando seu valor de forma rápida.

 

Alto poder de análise

Esta foi a “ideia” que mais gostei, porque irá abrir muitas oportunidades nos clientes e empresas que estão começando a entrar no mundo do Analytics e BI. A relação entre Inteligência Artificial e Análise de Dados está começando a crescer, e neste caso irá se traduzir em uma funcionalidade para sugerir novos indicadores e gráficos. Isso mesmo!

Foi apresentado como a cognição poderá ajudar aos analistas de negócios a gerar novas análises e relatórios, como as plataformas terão que entender cada vez mais os dados, as empresas e suas necessidades, para auxiliar os profissionais com sugestão de como apresentar uma informações solicitada. Este processo poderá ajudar muito a simplificar o uso da informação, focando onde é mais importante enxergar primeiro e tornando mais fácil a busca por oportunidades na empresa.  

A inQuesti é especialista em soluções para análise de dados e pode te ajudar no
desafio de encontrar a melhor ferramenta de BI para o seu negócio.
Faça o download gratuito do nosso novo ebook os 5 problemas que o BI resolve nas empresas: